Quem Somos


A Casa de Caridade Santo Antônio de Pádua é uma sociedade umbandista situada na cidade de Guarapari-ES, voltada exclusivamente para a prestação da caridade a espíritos encarnados e desencarnados.
Tendo em sua base doutrinária a máxima do Caboclo das Sete Encruzilhadas onde determina que a "Umbanda é a manifestação do Espírito para a prática da Caridade", a Casa de Caridade Santo Antônio de Pádua realiza semanalmente, sempre às segundas e sextas-feiras, palestras, atendimentos, consultas e aplicações de passes a todos os que procuram socorro espiritual em sua sede na Rua Cecilia B. Santana, s/nº. - Parque Areia Preta, em Guarapari.
Seu ritual simples não comporta sacrifícios de animais e, muito menos, a cobrança monetária ou material para atendimento aos necessitados.
A Casa de Caridade existe há mais de 50 anos, tendo como fundador o Caboclo Sucupira, cuja manifestação no plano terreno deu-se através da médium Anna Castro Martins. Atualmente, é dirigida pelo Caboclo Flecha Dourada, através do médium Antônio João Ribeiro.


A Casa de Caridade Santo Antônio de Pádua  tem como meta principal a prestação da caridade a todos os Espíritos, independente de sua condição moral ou intelectual. A caridade pregada e exercida pelos membros da sociedade baseia-se nos ensinamentos trazidos pelos Espíritos militantes da Sagrada Umbanda os quais são os inspiradores dos dirigentes e demais médiuns que fazem parte da Casa.
Seguindo as regras estabelecidas pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas, quando de sua manifestação na terra para instalação da Religião de Umbanda, a Casa de Caridade Santo Antônio de Pádua não efetua sacrifícios de animais, embora não critique as crenças dos que assim procedem para manifestação de sua fé.
O ritual adotado pela Casa é o mesmo ensinado e ministrado pelo Caboclo Sucupira, quando esteve fazendo uso das faculdades mediúnicas da umbandista Ana Castro Martins e iniciou a obra de caridade de forma humilde ainda em sua residência.
A Casa executa diversas atividades caritativas ao longo do ano. Semanalmente, nas segundas e sextas-feiras, `as 20:00 horas, os trabalhos são de assistência espiritual, com o atendimento público para aplicação de passes, descarregos e aconselhamentos espirituais por parte dos Caboclos e Pretos-Velhos.

Sessão de Mesa Branca

Uma vez por mês, a Casa realiza um trabalho intitulado Mesa Branca, onde todos os médiuns e assistentes participam em conjunto de todo o ritual em torno de uma grande mesa.
A Mesa Branca, ritual praticado por diversos terreiros espalhados pelo Brasil, e´ assim chamado apenas porque na maioria das vezes e´ utilizada uma toalha branca sobre a mesa onde mediuns, assistentes e outros praticantes entram em contato mais profundo com os Espiritos desencarnados.
Nesse ritual simples, mas cheio de energia positiva, outras faculdades mediunicas podem ser exercitadas pelos participantes.
A incorporaçao, como tambem a psicografia (escrita mediunica) e a psicopictografia (faculdade correspondente `a pintura ou desenhos mediunicos) tem lugar de destaque na Mesa.
Durante uma sessao de Mesa Branca, muitos resultados positivos sao alcançados pela Espiritualidade. Nesse tipo de trabalho caritativo, ocorrem desobsessoes, descarregos e ate´ curas.
Na Casa de Caridade Santo Antonio de Padua, em atençao ao que os Guias determinaram, utiliza-se copos com agua fluidificada, que permanecem sobre a mesa durante todo o trabalho.

Sessão de Cura Espiritual

Nas quartas-feiras, é realizado o trabalho de cura espiritual e física, na Sala da Cura André Luiz. As pessoas acometidas de algum tipo de mal ficam deitadas sobre macas hospitalares e os Guias Espirituais processam todo o trabalho de cura através dos passes e da água fluidificada. Mesmo recebendo os passes ministrados pelos Guias, os pacientes são orientados a procurarem os médicos encarnados a fim de receberem os tratamentos da Medicina temporal, já que a Casa não pratica o curandeirismo.


Trabalho Social

Além das atividades espirituais, a Casa de Caridade Santo Antônio de   Pádua,   presta  serviços  sociais  a  mais  de  cinquenta  famílias cadastradas  como  dependentes  da sociedade.  No fim do ano é realizada a Campanha Natal da Caridade, quando então as famílias  cadastradas  recebem  cestas básicas, brinquedos, roupas e agasalhos na véspera do feriado de Natal. Em 2011, o número de famílias aumentou para 80.
Em 2012, a Casa de Caridade inaugurou a Sala de Informática: um ambiente equipado com seis computadores recebidos em doação, onde um voluntário da Casa ministra aulas de computação inteiramente grátis.



Giras Festivas

A Casa de Caridade Santo Antônio de Pádua realiza anualmente algumas cerimônias ritualísticas, extensivas a todo o corpo mediúnico e simpatizantes, conhecidas como Obrigações ou Giras Festivas.
As Obrigações seguem o calendário umbandista conhecido da Religião e são destinadas a certos Orixás que fazem parte da composição das Sete Linhas de Umbanda Sagrada.
São realizadas preferencialmente nos pontos de força da Natureza, tais como cachoeiras, matas, praias, encruzilhadas ou no próprio Terreiro, conforme a necessidade.
Nessas obrigações, não se pratica a matança de animais, norma determinada pelo primeiro Guia-Chefe da Casa, o Caboclo Sucupira, e seguida atualmente pelo Caboclo Flecha Dourada.

20 de Janeiro - Homenagem ao Pai Oxossi

Sexta-Feira da Paixão - Cerimônia da Cura

23 de Abril - Homenagem ao Pai Ogum

13 de Maio - Homenagem aos Pretos Velhos

24 de Maio - Homenagem a Santa Sara Kali 

13 de Junho - Homenagem a Santo Antônio


13 de Agosto - Homenagem a Exu

27 de Setembro - Homenagem às Crianças

08 de Dezembro - Homenagem à Mãe Oxum

31 de Dezembro - Homenagem à Mãe Iemanjá


2 comentários:

  1. O templo Pai Oxossi e Mãe Oxum Saúda os nossos irmãos da Casa Santo antônio de Pádua...Saravá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saravá Dirigentes e demais irmãos do Templo Pai Oxossi e Mãe Oxum.
      Que a bandeira da Sagrada Umbanda esteja sempre alva e tremulando sobre vossa cabeças e vosso templo.

      Excluir