quarta-feira, 13 de junho de 2012

Grupos de Estudo da Doutrina Umbandista

Os Grupos de Estudo da Casa de Caridade foram criados em determinação ao que reza o Estatuto Social, onde se pode verificar a importância das salas para aprendizado da Doutrina da Religião de Umbanda. O Estatuto ordena que uma das metas da Sociedade Espiritualista Santo Antônio de Pádua será a de divulgar a Doutrina professada pelos seus membros, ou seja, a do Ritual de Umbanda.

O Grupo de Estudo inicial, criado em 2004, recebeu o nome de Caboclo Sucupira, em homenagem ao primeiro Guia-Chefe da Casa e tinha o propósito de fornecer aos médiuns integrantes da corrente e aos demais frequentadores da Casa de Caridade material doutrinário para melhor compreensão da Religião.
 
Ainda hoje, o Grupo de Estudo Caboclo Sucupira visa, especialmente, preparar os novos integrantes da corrente mediúnica, os quais sao chamados de Médiuns em Desenvolvimento, para executarem melhor sua missão dentro da sociedade espiritualista.

Os estudos eram realizados no início de maneira menos sistemática, descontraída e informal, através de perguntas e respostas fornecidas pelo monitor do grupo.

Com o objetivo de preparar novos umbandistas e integrar adolescentes aos trabalhos da Casa, teve início no ano de 2005 o Grupo de Estudo de Adolescentes, cuja aula inaugural contou com a presença de 11 jovens animados em conhecer a doutrina da Religião de Umbanda.

Os Grupos de Estudo de Adultos e Adolescentes seguem uma grade de ensino e uma programação desenvolvida pela CODED (Coordenadoria de Desenvolvimento e Difusão da Doutrina) distribuída em apostilas que são fornecidas gratuitamente aos estudantes, com aulas semanais de 60 minutos.
 
Em 2006, a Casa de Caridade deu mais um passo na educação religiosa de seus frequentadores e médiuns da corrente. Em março daquele ano foi criado o Grupo de Estudo Infantil, com aulas sobre a doutrina umbandista adaptada para crianças de 5 a 11 anos.

Foram abertas duas salas, sendo uma com crianças de 5 a 7 anos, e outra para as crianças de 8 a 11 anos de idade.

Mas, o maior obstáculo para o Estudo Infantil foi a falta de material doutrinário umbandista voltado para a educação religiosa de crianças. As professoras adaptaram então, temas da literatura espírita e cristã para que os meninos e meninas da Casa não ficassem fora do propósito educacional da CODERIA (Coordenadoria de Educação Religiosa da Infância e da Adolescência.

As apostilas das crianças também foram criadas ao longo dos estudos. Desenhos, trabalhos educativos, textos e mensagens foram introduzidos aos poucos no estudo infantil, cujas apostilas colocaremos à disposição dos interessados para download e posterior criação de grupos de estudo em seus terreiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário